Um pequeno passo para o ser humano…

Quanto aos calçados apropriados para caminhada urbana, uma coisa é certa: é absolutamente indispensável que eles sejam de cano alto, para proteger bem o tornozelo. E que tenham solado largo, com uma grande área de contato com o solo, para maximizar a estabilidade — nada de calçados com solado estreito. De preferência, dos bons fabricantes de calçados ditos “de aventura”, como Salomon, The North Face, Caterpillar, Timberland. Há também outras marcas mais econômicas, mas razoáveis, como Hi-Tec e Bull Terrier; porém os seus solados moldados são ocos por dentro, e se gastam rapidamente — durando menos de um ano, caso se faça caminhadas longas com regularidade. Importante: nem pensar em usar aqueles tênis levinhos ditos “de corrida”. Eles podem servir para o ambiente protegido e domesticado das academias, porém aqui fora é o mundo real, cheio de irregularidades, pedras soltas, degraus, raízes aparentes e outras anfratuosidades. E não queremos ter que lamentar uma torção de tornozelo, não é?

Uma boa calcanheira de silicone também pode ser útil, pois ajuda a minimizar o impacto. Calçados com solado de ar, como os da Nike e de alguns fabricantes de calçados de aventura, além dos chamados “sapatênis”, também não são recomendados neste caso, porque, segundo constatei, comprometem a estabilidade. A linha Stabil da Adidas, para handebol, poderia parecer uma boa possibilidade, uma vez que, com eles, é praticamente impossível torcer o pé (algo que resulta muito importante naquele esporte, cheio de acelerações e desacelerações laterais bruscas); o problema é que eles possuem apenas cano baixo, o que os torna adequados somente para terrenos estritamente planos; além do mais, verifiquei que, no meu caso específico, a posição do calcanhar não é boa, provocando dores. Um antigo modelo de tênis para basquete da Adidas, que tive anos atrás, era fabuloso para caminhadas — aliás foi precisamente naquela época, calçando-o, que comecei a consolidar o hábito de caminhar mais regularidade e intensidade. Aquele modelo tinha solado alto nas laterais, costurado — os atuais, voltados para ambientes indoor, às vezes nem sequer têm solado lateral — alto amortecimento e calçava como uma luva. Não consegui encontrar, entre os atuais calçados de basquete, nenhum que fosse semelhante.

De todo modo, há alguns dias criei coragem e resolvi fazer um upgrade em termos de calçados para caminhar pela cidade. (O anterior, uma velha bota tipo adventure, havia cumprido sua última missão, nas férias, fazendo trajetos por volta de 6-8 km em Juréia e Peruíbe, e aposentou-se precocemente por desgaste excessivo, após menos de um ano de uso.) Chegando eu a uma loja especializada em aventura, trilhas, camping etc, minha primeira reação foi engolir em seco com os preços. Fiz um teste com a americana The North Face, com solado tipo Vibram. Além de ser uma das mais caras, não dava muita sensibilidade na pisada; assemelhava-se a um trem de pouso do módulo lunar: quase indestrutível, capaz de enfrentar qualquer terreno, mas era muito rígida. A idéia, segundo me pareceu, é poder fincar o pé e ficar tranquilo de que ele vai ficar cravado ali até que se resolva tirá-lo dali, sem resvalar jamais — ora, isso talvez seja bom em se tratando de lamaçais e trilhas no mato, com pedras, mas não é para ambiente urbano. Acabei escolhendo uma Salomon Mission GTX, que é muito mais técnica, altamente anatômica e te dá, ao mesmo tempo, um forte respaldo para o pé, um bom grip em terrenos variados, e ao mesmo tempo permite sentir o terreno com muita precisão. Parece ter uma boa constituição e ser elaborada com bons materiais. Espero que o solado dure e cumpra as expectativas. Enfim, nos primeiros dias de uso a Salomon (vista na foto ao lado) está parecendo ser bastante boa.

Anúncios

Publicado em 20 janeiro 2012, em Caminhadas, Lugares. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: